terça-feira, 8 de agosto de 2017

O discurso dos pássaros- Léon Dehon


                           Resenha- O discurso dos pássaros- Léon Dehon


Lições da Natureza sobre educação

Manuscrito do século XIX, recentemente descoberto, revela belíssimas lições de como educar nossos filhos e alunos.

O discurso dos pássaros é um texto extremamente simples, porém sábio e surpreendente. Qualquer poeta poderia ter escrito um texto semelhante comparando os bons e os maus educadores com as aves. Mas foi o educador francês Léon Dehon que teve essa ideia, no ano de 1888. Seu discurso foi pronunciado uma única vez, e o manuscrito permaneceu inédito por todos esses anos, até um pesquisador perceber estar diante de uma verdadeira obra-prima da literatura. É um texto sábio, pois esconde nas entrelinhas lições profundas e atuais de educação integral. É surpreendente o efeito deste livro quando colocado nas mãos de pais e educadores. O velho texto se torna novo, e cada pássaro abre um novo horizonte de perspectivas educacionais. Um livro para ajudar professores e pais a encontrar a melhor forma de educar seus filhos e alunos.

Os bons educadores

A águia nobre e valorosa- É nobre, valente, infatigável. Cuida de seus filhos e alimenta com dedicação e sabe a hora certa de deixar caminhar com seus próprios pés e certifica que estão seguros.
A pomba e a perdiz- Ternura e bondade. Os pais dividem as tarefas ao cuidar de seus filhos, são unidos e fazem tudo com amor.
Melharuco- dinâmico e previdente. Trabalha incansavelmente para não faltar alimento para seus filhos.
Andorinha- Confia sempre na Providência Divina e confia nos amigos em todas as horas.
Pintassilgo- Marido e pai exemplar. Bom, trabalhador e divide o carinho dos filhos com a esposa e muito dedicado. Para Dehon, a boa educação passa por pequenos gestos que fazem a grande diferença.
Esse livro nos leva a refletir como nós educadores devemos ser para nossos alunos, e os pais para seus filhos.
Vivemos em uma sociedade que tem pessoas de todo tipo. Pais que não têm tempo para seus filhos e não dão o mais importante: Amor.
Nós professores muitas vezes temos que suprir um pouquinho do que falta na vida de nossos alunos. Temos que batalhar para que tenham estímulo para aprender e querer ter algo melhor para sua vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Soletrando

Alunos que foram para a 2ª fase, alunos do 3º ano A, EM. Gabriela, Marcos e Thaís.