sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Relato pessoal


Parece interessante... mas a verdade é que nós, enquanto seres eminentemente sociais, somos contagiados pelo desejo de compartilhar fatos decorrentes da nossa vivência com alguém em quem podemos confiar, seja um parente próximo ou "aquele velho amigo". Tais fatos tanto podem ser alegres, tristes, trágicos, horripilantes ou cômicos, o fato é que a todo o momento estamos relatando sobre algo, embora às vezes passe despercebido. Por se tratar de um procedimento corriqueiro, nem  o qual os verbos se encontram no presente ou pretérito, e a linguagem pode variar, podendo adquirir um caráter tanto formal quanto informal. Tudo dependerá do grau de intimidade existente entre narrador e seus respectivos interlocutores.
Tendo como foco o estudo do relato como gênero, atentamos para o fato de que este pertence à modalidade escrita da linguagem e, por assim dizer, o caracterizamos como sendo um gênero no qual alguém conta fatos relacionados à sua vida, cuja função é registrar suas experiências pessoais no intento de que estas possam servir como fonte de consulta ou aprendizado para outras pessoas.
Entretanto, o relato pode materializar-se pela oralidade, tendo como público expectador. um ou mais ouvintes. Comumente, ao participarmos de um evento, no qual temos a oportunidade de assistirmos a palestras, seminários e conferências, percebemos que o palestrante em um determinado momento alia ao seu discurso fatos que envolvem sua trajetória cotidiana, os quais denotam verdadeiras lições de vida e ensinamento.
Sendo assim, para que o relato possa se tornar possível de constatação por várias pessoas, ele poderá ser gravado, seja em áudio ou vídeo e, posteriormente, ser transcrito e publicado por inúmeros meios de comunicação, dentre estes, jornais, revistas, livros, sites, entre outros, passando a se caracterizar com documentos históricos de notável importância.

Relatos de experiência vivida são trabalhado no 7º ano, escreveram vários tipos durante as minhas aulas, se algum aluno do 7º ano quiser escrever no comentário será uma grande alegria para mim e outros professores que acompanham meu blog. Também se você tem alguma história importante e diferente publique aqui.
Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário