terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

POESIA DE CLARICE OLIVEIRA

BUSCAR

Não busco me concentrar em linhas 
Busco apenas uma rima
Para explicar aquilo que não vejo,
Aquilo que desejo, 
Que passa num lampejo,
Que se intensifica a cada momento,
Que some por um determinado tempo.

Aquilo que move montanhas
Ou até mesmo barganha um precioso apreço.
Como é possível dar tantas e tantas voltas
Para se referir a quatro palavras?
AMOR!

Sim, o amor. O sentimento mais difícil de explicar de
conter ou aceitar.
Mas para terminar
Sem muito prolongar,
Mais algumas palavras posso anotar
Para desse sentimento falar:
Basta amar, sem se preocupar de machucar.


Aluna da Escola Sylvia Noemia foi publicada a sua poesia no Livro "A Lua" publicada pela editora Beco dos Poetas.

Quem quiser comprar só procurar na editora, nele contém outras poesias lindíssimas de outros autores.
Obrigada pela atenção.
 

Um comentário:

PORCENTAGEM CEM POR CENTO FÁCIL

Mais sobre esse assunto.